Posts

Um momento tão especial quanto escolher o vestido da noiva, é escolher com qual terno o noivo irá recebê-la no altar. Afinal, temos dois protagonistas nesse grande dia.

  • Mas como escolher o melhor terno para o casamento?
  • O que deve ser levado em consideração?
  • Vocês sabem a diferença entre fraque, meio fraque, terno ou smoking ?

Calma, o Quero de Casamento te ensina te ajuda com isso.

Primeiro e mais importante é o traje estar adequado ao horário e tipo de cerimônia.

Os clássicos, mais conhecidos como Black Tie, costumam ser usados em casamentos mais tradicionais realizados à noite e consistem em paletó, calça e gravata borboleta. Pode ser usado com uma faixa – na mesma cor da gravata – ou com colete.

O fraque tem um paletó que abotoa na cintura com a parte de trás mais comprida, como uma cauda. Ideal para casamentos noturnos, mesmo que tradicionalmente sejam usados em casamentos ingleses durante o dia.

Meio-fraque é uma invenção brasileira, criado para deixar o noivo um pouco menos formal, mas elegante. Ele é normalmente usado em cerimônias noturnas por conta de sua formalidade. E a diferença entre o fraque e o meio-fraque é a cauda do paletó. O meio-fraque é menos formal e não tem cauda.

Já o terno é um clássico para casamentos, elegante e sempre atual. Pode ser usado a qualquer hora do dia, em cerimônias formais ou informais.

E a vantagem de escolher esse traje é que seus padrinhos têm a liberdade de usar terno também ou apenas o colete.

E aí noivo, já sabe qual será a escolha para o grande dia?

Ser convidado para um evento e descobrir que não poderá comparecer porque você já tem outro compromisso no mesmo dia não é incomum. Nesses casos, o pensamento quase sempre é o mesmo: “se eu soubesse disso antes, teria reservado essa data!”.

Seja porque o convite chegou muito em cima da hora ou porque sua agenda está lotada de compromissos, todos concordam que, quanto antes for informado de um evento, mais fácil se organizar e garantir a presença.

Mas, se a antecedência for muita, também corremos o risco de nos esquecermos dele. Então, como fazer para resolver essa questão? A resposta é bastante simples: enviar um Save the Date para os convidados.

No post de hoje, vamos tratar justamente desse “pré-convite”. Vamos te explicar melhor do que ele se trata, como fazer um e quando enviá-lo. Então continue sua leitura e aprenda como garantir a presença de todos os convidados em seu evento!

O que é o save the date?

Save the date siginica “reserve a data” em português. Trata-se de um aviso aos seus convidados sobre quando será o evento, essa prática é muito comum e vem sendo utilizada há anos por anfitriões dos Estados Unidos.

Essa antecipação da data pode ser uma boa saída para casos em que o acontecimento ocorrerá muito próximo a feriados, quando você só poderá entregar os convites próximo ao dia de sua realização ou, ainda, quando o evento é de grande porte.

Essa tendência chegou ao Brasil há algum tempo e tem sido utilizada principalmente em casamentos, mas você pode usá-la também para outros eventos — afinal, é uma ótima maneira de garantir que seus amigos, familiares e clientes estejam disponíveis no dia.

Foto | Pinterest

Como fazer um?

Fazer um save the date é bastante simples. Se você já tem a identidade visual do evento definida, inspire-se nela para criar o seu pré-convite. E lembre-se: o layout deve ser mais simples e até mesmo mais informal do que o de um convite tradicional.

Importante!

Diferentemente de um convite de casamento – ou qualquer outro evento – convencional, o save the date não deve trazer todas as informações da comemoração. Basta que ele contenha o nome dos anfitriões e a data em que a celebração acontecerá.

Em alguns casos mais específicos, como casamentos que acontecem em outra cidade ou outros eventos em que os convidados necessitarão se deslocar grandes distâncias para comparecer, dados como a cidade e o local do acontecimento podem ser úteis para que todos possam se preparar com antecedência.

Quando devo enviá-lo?

Em geral, o pré-convite deve ser enviado em torno de 6 meses antes do evento. Pode parecer muito, mas lembre-se de que, faltando de 1 a 2 meses para a data, você enviará o convite completo, com todas as informações necessárias.

Em alguns casos, no entanto, o save the date deverá ser enviado com ainda mais antecedência. Se você terá muitos convidados que precisarão se deslocar de outra cidade, considere enviar o aviso de data com uma antecipação de 8 a 10 meses.

Em casos ainda mais excepcionais, quando há pessoas que virão de outro país para comparecer, o ideal é informá-las da data com, no mínimo, 1 ano de antecedência.

Foto | Pinterest

Como você pode ver, o save the date é um recurso muito útil para eventos. Por isso, não pense duas vezes sobre utilizá-lo ou não. Atualmente, ele é tão imprescindível quanto o próprio convite.

Diferente do que se acredita, não são apenas as noivas que sofrem na hora de escolher o look perfeito para o casamento, as madrinhas também!

Há uma gigante variedade de vestidos de festa, que vão dos minimalistas aos mais trabalhados. E isso faz com que muitas mulheres fiquem super indecisas. Afinal, não é simples encontrar aquele traje belíssimo, que seja confortável, esteja na moda e combine com a cerimônia.

Vamos dar algumas dicas especiais que irá te ajudar nessa missão!

Em um casamento, a noiva sempre será a protagonista. Portanto, antes de escolher o seu vestido, que tal conversar com a sua amiga e saber o que ela planeja para as madrinhas? É importante tirar dúvidas como:

  • a cor: a noiva escolheu uma paleta de cores para as madrinhas?
  • o comprimento da peça: o vestido deve ser curto ou longo?
  • decotes: as madrinhas podem usar decote ou não?

Ao tirar essa dúvida, podemos seguir com os modelos. Aqui vai algumas sugestões de vestido de madrinha de casamento.

  • VESTIDOS CURTOS : O casamento vai ser realizado de dia e ao ar livre? Invista sem medo em um vestido curtinho. O ideal é escolher modelos com o comprimento na altura dos joelhos e nunca curto demais.
  • VESTIDOS FLORAIS: Os vestidos florais são os queridinhos das madrinhas que seguem um estilo romântico. Eles servem muito bem para os casamentos realizados no campo ou na praia.
  • VESTIDOS PODEROSOS: Essas versões possuem um decote marcante na parte de trás, deixando as costas à mostra. É uma opção sensual e capaz de valorizar as curvas com sofisticação. Se o casamento for à noite.
  • VESTIDOS SEREIA: Super elegante, os vestidos com shape sereia. O modelo traz um recorte justinho, que se abre abaixo do quadril, como se fosse uma cauda. A dica é optar pelas versões com pouquíssimos detalhes, sem babados exagerados ou muitas camadas.

Todo convidado adora receber uma lembrancinha, e ganhá-las é muito especial e faz o convidado recordar do seu momento muitas vezes para o resto da vida.

Há muitas formas de oferecer algo inesperado a eles. Nem toda lembrancinha requintada precisa ser cara!

Qual a melhor forma escolher uma lembrancinha para casamento perfeita?

Escolha algo que você gostaria de ganhar. E não dar por obrigação, já que o valor dela está no sentimento que você passa.

O primeiro passo é abusar da sua imaginação pensando no que você e seu noivo gostam, o que seu casamento representa para vocês, coisas que tenham alguma relação com a história do casal.

Por exemplo…

Mini garrafas com azeite e aceto balsâmico remetem a Europa, um mini bolo ou docinhos lembrará as guloseimas de sua festa, uma bebida pode ser algo que vocês gostem de tomar, e assim por diante..

Caso teu casamento seja um destination wedding fica mais fácil de escolher a lembrancinha perfeita, basta escolher brindes que tenham alguma relação com o local da festa.M

E aí, gostaram?

Você sabe qual o papel de um cerimonialista na sua festa de casamento?

Esse é um assunto que sempre vem cheio de dúvidas.

Profissional

Quando você decide contratar esse profissional para seu evento, o que percebe-se são inúmeras dúvidas já que existem muitos nomes no mercado. Cerimonialista, assessoria, organizador…

Para padronizar a profissão, após diversos debates com profissionais da área recomenda “o uso da terminologia ORGANIZADOR DE EVENTOS por todos os profissionais que sejam responsáveis por produzir e organizar um evento, seja ele social, corporativo, religioso, esportivo ou de governo.”

Serviços prestados pelo cerimonialista 

Realiza sonhos!

Existem diversos serviços que podem ser contratados por um cerimonialista, ou organizador de eventos. Há casais que deixam tudo sob responsabilidade deles e contratam assessoria completa. Já outros, preferem um profissional apenas para a assessoria do dia (parcial) ou para algo especifico. Porém, essas nomenclaturas e tipos de serviços podem variar de acordo com cada profissional e serviço.

O que o cerimonialista faz?

Um organizador de eventos não trabalha apenas para casamentos, existem também eventos corporativos, formaturas e até eventos promovidos pelo governo.

Mas, que fique claro! Depende de cada profissional.

Segue uma lista divertida com 54 coisas que seu cerimonialista pode fazer por você!

1. Reunião com os noivos para entender o perfil do casal e atender adequadamente suas necessidades.

2. Recomendar espaços de eventos que se encaixam no padrão de orçamento, ideias e estilo dos noivos.

3.  Sugere fornecedores e acompanhar o casal em provas de buffets, decoradores, design floral, entre outros.

4. Faz reuniões periódicas para garantir que pagamentos e contratações estejam no cronograma de fechamento.

5. Orienta a montagem da lista de convidados.

6. Pode orientar na escolha da paleta de cores do casamento.

7. Recomenda DJ, banda, entretenimento e iluminação, de acordo com o perfil do casal.

8. Pode auxiliar no planejamento do jantar para os padrinhos, chá de lingerie e outros eventos que fazem parte do casamento.

9. Auxilia na organização da documentação do casal, contratos e mantem cópias para garantir que todos os fornecedores cumprem o prometido.

10. Monta cronograma de montagem para o dia do casamento.

11. Monta roteiro de cada etapa da festa (cerimônia, fotos, festa e fechamento) com protocolos, nomes dos familiares, horários, etc.

12. Participa da última prova do vestido da noiva e teste de cabelo e maquiagem.

13. Imagina possíveis problemas que podem acontecer no evento, sugere maneiras de evitá-los e monta um plano de backup. (Ás vezes até um backup para o backup!)

14. Vira terapeuta da noiva!

15. Muitas vezes deixa a vida pessoal de lado para acompanhar de perto itens que passam despercebidos pela própria noiva.

16. Entra em contato com os fornecedores para confirmar o dia do evento, passa endereços e números de telefone.

17.  Faz o RSVP.

18. Supervisiona a entrega e montagem dos fornecedores no dia do evento e auxilia caso precisem de algo, garantindo que o layout do evento esteja como o planejado pela noiva.

19. Confere detalhes da recepção como mesas reservadas e menus.

41. Encontre ou monta mesas para convidados que não confirmaram presença – RSVP.

42. Se derrubarem um copo na pista de dança e ninguém aparecer para limpar, quem ajuda a pegar o vidro quebrado e garante a segurança de todos é a cerimonialista.

43. Faz o transporte de itens de cerimônia para recepção.

44. Confere se tem uma faca pronta para o corte do bolo. E ainda coordena se o fotógrafo, a iluminação e o som estejam perfeitos para este momento.

45. Coloca as lembrancinhas na saída da festa e garante que os convidados irão levá-los.

46. Encontra os donos de itens perdidos como jóias, sapatos, câmeras e muito mais.

47. Lida com problemas médicos como cortes, arranhões, alergias alimentares, etc. E tem um kit de emergência para isso!

48. Cuida para que convidados muito bêbados não atrapalhem o andamento da festa. (Super útil este item!)

49. Fazem a contagem da sobra de bebidas e docinhos da festa.

50. Leva presentes, objetos e sobra de doces para o carro dos noivos.

51. Guarda itens esquecidos na festa.

52. É responsávelpela alimentação dos fornecedores que trabalham no evento.

53. É o ultimo a sair da festa!

54. E nunca deixa de se emocionar com casal!

Esse tema, além de polêmico é super difícil em certos casos.

Quem realmente chamar para o seu grande dia ?

Esse é um dos primeiros passos a decidir para a organização do casamento, pois influencia desde a decisão do local, quantidade de convites e principalmente se os noivos tem um valor X disponível para gastar no casamento e muitas vezes precisam enxugar a lista.

Mas, geralmente se tem um número em mente, mas quando começa a colocar no papel, esse número vai aumentando e logo vão surgindo as dúvidas.

Vamos com as dicas!

A mais importante é, NUNCA convide por educação, convide pessoas que vocês realmente sabem que estarão ali torcendo para a felicidade de vocês.

Segue o infográfico que ajudará na decisão, mas não precisa seguir a risca todas as setas, mas as perguntas que são levantadas podem te ajudar a refletir e também a classificar a lista de convidados e retirar alguns nomes dele sem culpa!

Fonte | Emotion Day


Chegou a hora de escolher quem vai entregar as alianças no dia do casamento, mas não temos crianças na família. E agora? As daminhas e pajens são tradição mas não obrigação!

O mais importante é escolher aquela pessoa tão especial, para tornar esse momento mais especial ainda.

AVÓS

Então, muitas vezes os noivos escolhem os avós por exemplo, como uma forma de mostrar respeito e se sentirão muito queridos e homenageados pelo ato.

BICHOS DE ESTIMAÇÃO

Há quem não troque por nada o seu bichinho de estimação, então por que não colocá-los para fazer parte desse momento tão único, já que está presente todos os dias na vida do casal? Claro que ao optar por essa escolha, deve estar ciente de que pode haver imprevistos, assim como com as crianças.

O NOIVO!

Muitos casais optam pelo próprio noivo levar as alianças, sem que haja a necessidade de uma outra pessoa. E por que não? Já que nesse momento ele é a pessoa mais especial e para isso!

DAMINHAS E PAJENS

Daminhas fofas ainda são a preferência. Mas existem os meninos que deixaram a função de pajens para se tornarem “seguranças” das alianças. É uma maneira de homenagear essa figura tão querida sempre tão especial na vida de todos.

E aí? Alguém tem mais alguma ideia ?

Inspiração de para Altares para Casamento Já pararam para pensar a importância do altar na cerimônia do casamento? Pois é nele que acontece os maiores registros durante toda a cerimônia.

Por isso é o local que a decoração merece ser pensada com muito carinho, e ela vai depender muito do gosto dos noivos, se o casamento vai ser mais clássico, rústico, se vai ser ao ar livre ou em local fechado.

Tudo influencia! Por isso, resolvemos separar algumas lindas inspirações para te ajudar!

CLÁSSICOS

RÚSTICOS

ROMÂNTICOS

DESTINATION WEDDING

E então, qual é o seu estilo favorito?

Essa é uma dúvida que vem logo quando os noivos decidem se casar. Qual a melhor data para marcar o casamento? Bom, essa é uma questão muito importante, pois afeta muitas coisa, inclusive na decoração, flores que irão escolher, pois tudo depende da temperatura de cada mês.

JANEIRO

É um mês pouco procurado para realização de casamentos.

Por isso, é mais fácil de marcar datas em igrejas e locais para eventos disponíveis. As temperaturas são altas e chove bastante. Deve-se investir em cerimônias noturnas e locais cobertos.

FEVEREIRO

Mês do carnaval e das flores tropicais. Ainda é época de calor e há pouca procura, por isso continua as vantagens econômicas. Mas devem-se priorizar os locais cobertos, pois é um mês que você pode ser pego de surpresa pela meteorologia.

MARÇO

Diferente dos meses anteriores, o mês de Março já é mais procurado, mas também chove bastante. É conhecido pelas águas de março. Noivas que sonham com a decoração de orquídeas devem aproveitar! O calor não é tão intenso, mas deve-se sempre ter um plano B para não se decepcionar com o tempo.

ABRIL

Sem chuva e com temperaturas amenas, é um dos melhores meses para noivas que sonham com o casamento ao ar livre. Porém, a procura é grande e os custos serão maiores.

MAIO

O Mês considerado mês das noivas, a procura é altíssima. O ideal é antecipar-se em pelo menos um ano para marcar a data. Todos os custos aumentam, desde a locação do espaço, flores, móveis e decoração da festa. Programe-se.

JUNHO

Por ser um mês mais gelado, a concorrência já diminui e com isso os custos também. É o mês das tulipas e as decorações ficam maravilhosas.

JULHO

Com o frio mais intenso, vale lembrar que no cardápio deve ser incluído comidas mais quentes. As flores desse mês são as hortênsias e copos de leite e as lindas tulipas. Deve se atentar ao modelo do vestido que irá escolher.

AGOSTO

O famoso mito de mês do desgosto faz com que a concorrência desse mês caia drasticamente. Então com isso é fácil de encontrar datas disponíveis e valores mais em conta. A flor em alta para esse mês é o copo de leite.

SETEMBRO

É a chegada da primavera, um mês bastante concorrido principalmente para as cerimonias ao ar livre. Muitas opções de flores para a decoração e os preços começam a subir novamente.

OUTUBRO

As flores estão mais lindas ainda, pois a primavera já chegando na metade. O clima é mais quente e o risco de chuvas amenas inspira casamentos na praia.

NOVEMBRO

As altas temperaturas e chuvas voltam a preocupar as noivas. Prefira locais cobertos para a festa de cerimonia. As flores do mês são as lavandas. Ideal para decorações delicadas.

DEZEMBRO

O 13 salario estimula muitos a casarem apesar das chuvas. O ideal é distribuir os convites com antecedência, pois é um mês muito propicio aos convidados viajarem.

Com isso fica mais claro a para decidir essa data tão importante. Levando em conta temperatura, flores e decoração.

Leia mais

Sempre teve a dúvida em qual deles contratar para o seu evento?

Essa é uma dúvida que sempre pega muita gente, a real diferença entre esses três profissionais. Mas tudo depende do que quem está contratando realmente tem em mente, nós iremos esclarecer essa dúvida.

Primeiramente,

Assessor e Produtor de Evento são a mesma coisa, porém com nomes diferentes.

O que eles fazem?

Eles se encarregam desde o briefing até o pós-evento.

É o organizador que vai dar todas as dicas além de tomar as providências necessárias para que o evento saia perfeito, tanto na organização quanto na execução, incluindo a parte protocolar de cerimônia e seguimento de festa.

  • Briefing inicial para saber quais os desejos dos noivos;
  • Planejamento financeiro;
  • Analisa o que é possível realizar dentro do planejamento financeiro;
  • Busca de fornecedores conforme a necessidade dos noivos;
  • Cria o cronograma do evento;
  • Pede e verifica todos os itens que serão necessários para o casamento;
  • Avisa sobre datas e prazos;
  • Ajuda com dicas e opiniões, além de usar técnicas nos detalhes do casamento;
  • Auxilia e orienta a escolha dos noivos sobre papelaria, cores, temas da festa;
  • Faz o roteiro do evento, horários de entrega e desmontagem do evento;
  • Participa da montagem e organização física do evento;
  • Recepção e verificação de todos os itens entregues;
  • Cuida do bem-estar dos convidados;
  • Contagem de bebidas;
  • Condução dos fornecedores para que executem o melhor trabalho possível;
  • Condução de protocolos;
  • Qualquer providência pós evento.

Cerimonial

O que eles fazem?

Encarregam-se desde o briefing até a condução dos protocolos

o cerimonial cuida da parte protocolar da cerimônia e festa. pode dar dicas, acompanha em algumas decisões, mas não é responsável por nenhum serviço ou pela parte de execução dos profissionais contratados e também não é responsável por exemplo pela produção da decoração e do evento em geral.

  • Briefing inicial para saber quais os desejos dos noivos;
  • Indica fornecedores já conhecidos;
  • Esclarece etapas e providências a serem tomadas;
  • Monta um cronograma a ser seguido;
  • Ajuda com dicas e opiniões, para detalhes;
  • Verifica a montagem do evento;
  • Verificação dos itens entregues;
  • Contagem de bebidas;
  • Condução de protocolos.

E aí, entendeu a diferença entre cerimonialista, produtor, assessor e organizador de eventos?